A empresa Vagas.com há três meses, começou a usar Inteligência Artificial nos seus processos seletivos de estágio e trainee de grandes empresas para as quais ela presta serviço de soluções tecnológicas e recrutamento. Realizada através de videoconferência, a entrevista analisa a voz, expressão facial e palavras usadas pelos candidatos. Através de informações tiradas por um robô, eles conseguem avaliar vícios de linguagem, postura e nervosismo dos profissionais. Além disso, a tecnologia compara os dados dos candidatos com a descrição da vaga para que a seleção seja mais assertiva. Esse modelo de seleção foi aprovado por mais 80% dos candidatos, principalmente por não exigir que a pessoa vá até o local da entrevista e também por ser mais rápido que a forma tradicional de contratação. A IA foi citada como tendência global no relatório Global Recruiting Trends 2018 do Linkedin. Segundo o aplicativo, a inteligência artificial é aplicada para realizar a triagem de candidatos (56%) e descobrir novos talentos (58%). Entre os benefícios desse recurso estão a economia de tempo, contratação mais assertiva e redução de despesas com o processo de recrutamento. No Brasil, a facilidade começou a ser usada há dois anos, começando com empresas do setor do comércio e tecnologia que recorrem às máquinas para lidar com um grande número de candidatos. Isso nos mostra que as mudanças de comportamento e os avanços da tecnologia estão mais próximos de nós do que imaginamos. E aí, você já pensou como vai ser a sua entrevista no futuro com um robô caça-talentos? 🙂